Copy

Natural.PT Awards 2016

 

REGULAMENTO

ARTIGO 1º
INTRODUÇÃO

O Natural.PT Awards visa o reconhecimento de boas práticas em iniciativas que promovam um desenvolvimento sustentável na Rede Nacional de Áreas Protegidas (RNAP).
O Concurso Natural.PT Awards 2016 (doravante designado Concurso) inicia-se no dia 12 de maio e termina a 14 de junho de 2016. Este Regulamento Oficial (doravante designado Regulamento) estabelece as regras de participação no Concurso e está disponível para consulta no sítio web www.natural.pt  

 

ARTIGO 2º
DISPOSIÇÕES GERAIS

1. Entidade Promotora

1.1. O presente concurso é uma iniciativa do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I.P. (doravante designado ICNF).

 
2. Objetivo
O Natural.PT Awards 2016 tem como objetivos:

• Premiar e reconhecer boas práticas em iniciativas, implementadas na RNAP, que promovam o desenvolvimento sustentável das áreas protegidas, divulgando ativamente os seus valores, contribuindo para a sua visitação, alertando e consciencializando a sociedade civil para a importância do desenvolvimento numa ótica de equilíbrio ambiental, económico e social;

• Dar visibilidade às entidades, empresas, pessoas e/ou instituições que identificaram uma oportunidade nas áreas protegidas e que contribuíram para o seu desenvolvimento sustentável;

• Dar visibilidade às áreas protegidas enquanto espaços de visitação, regiões de elevado valor natural e cultural, e territórios com potencial económico.

 
3. Destinatários

3.1. Poderão participar no Concurso todos os aderentes da Natural.PT.
3.2. Não serão admitidos trabalhos a concurso cujo autor detenha relação profissional com o Ministério do Ambiente e entidades tuteladas.

  

ARTIGO 3º
CATEGORIAS A CONCURSO

As categorias a concurso são as seguintes:
 
1 – Projeto – Vencedor será eleito por avaliação e votação do júri.
 
2 – Prémios do público:
a) Animação turística – Vencedor será eleito por votação online;
b) Alojamento - Vencedor será eleito por votação online;
c) Restauração - Vencedor será eleito por votação online;
d) Loja – Vencedor será eleito por votação online;
e) Produtos alimentares – Vencedor será eleito por votação online.
 
 

ARTIGO 4º
CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

1. PRÉMIOS PROJETO

1.1 Só será aceite uma candidatura por cada concorrente.
1.2 Os projetos candidatos deverão provar o seu contributo para a divulgação da RNAP ou da área protegida à qual estão associados e dos seus valores naturais e culturais, bem como para a competitividade da região, justificando ainda o seu alinhamento com as premissas de um desenvolvimento sustentável. Os projetos candidatos deverão ainda demonstrar ter continuidade temporal e não serem iniciativas pontuais.
1.4 Ao participar no Concurso, os concorrentes declaram conhecer e aceitar o presente Regulamento.
1.5 Os autores das candidaturas aceites para participação no Concurso concedem à Entidade Promotora autorização para a sua utilização e dos conteúdos nela incluídos, pela forma, meio e tempo e demais condições que se entender, para a promoção de eventos e em publicidade institucional, sem prejuízo da menção do nome do autor.
1.6 A participação no Concurso é gratuita.

 
2. PRÉMIOS DO PÚBLICO

2.1 A participação na votação é feita mediante preenchimento e envio do formulário de participação disponível no final deste Regulamento (ANEXO II) para comunicacao@natural.pt
2.2 Só será aceite um produto/serviço por tipologia por cada empresa concorrente (ex. uma empresa com várias unidades de alojamento Natural.PT apenas poderá submeter um deles a concurso).
2.3 Apenas serão levados a votação candidaturas de produtos / serviços que cumpram os seguintes requisitos:

  • A marca e o logótipo Natural.PT figuram nos produtos/serviços e/ou nos respetivos canais de comunicação (site, página Facebook, etc);
  • Disponibiliza informação sobre a área protegida à qual o produto/serviço está associado.
2.4 Os formulários de participação terão que dar entrada até dia 22 de maio às 23.59; a votação online decorrerá no site www.natural.pt de 1 de junho a 30 de junho.
 
ARTIGO 5º
FORMALIZAÇÃO DA CANDIDATURA – PRÉMIOS PROJETO
1. As candidaturas são submetidas até 14 de junho de 2016, através do envio do respetivo formulário por via eletrónica para comunicacao@natural.pt As candidaturas deverão dar entrada até às 23.59 horas do último dia do prazo.
 
2. A candidatura efetua-se através do preenchimento do formulário disponível no final deste Regulamento (ANEXO I) e seu posterior envio.

3. Apenas serão aceites candidaturas que cumpram os seguintes requisitos:
- A marca e o logótipo Natural.PT figuram nos produtos/serviços e/ou nos respetivos canais de comunicação (site, página Facebook, etc);
- É disponibilizada informação sobre a área protegida à qual o produto/serviço está associado.

4. É condição de aceitação da candidatura o envio via e-mail de informação sobre o projeto candidato, constituída por texto que descreva sucintamente o trabalho desenvolvido, bem como imagens (até um máximo de 10, em formato jpg, aconselhável resolução 300 dpi), e / ou filmes.
 
5. Os anexos deverão ser enviados para comunicacao@natural.pt com a seguinte referência no Assunto: Designação do projeto candidatado – Natural.PT Awards 2016.
 
6. Os promotores poderão ter que entregar informação adicional sobre o projeto, se tal vier a ser requerido pelo Júri dos Prémios Natural.PT Awards 2016.
 
7. A veracidade das informações disponibilizadas pelo promotor no formulário é da exclusiva responsabilidade deste.
 
8. A informação fornecida pelos candidatos na fase de candidaturas permanece confidencial, sendo apenas consultada pela organização e pelos membros do Júri.
 
 
ARTIGO 6º
FASES DO CONCURSO
1. Prémios Projeto:
• Formalização de candidaturas pelos concorrentes de acordo com os requisitos e dentro dos prazos previstos no Artigo 5º do presente regulamento;
• Avaliação e seriação das iniciativas selecionadas pelo Júri.
• Apresentação das iniciativas desenvolvidas pelos concorrentes, que será presencial e com duração máxima de 10 minutos, a decorrer na sede do ICNF, em Lisboa (em período a anunciar);
• Anúncio das propostas vencedoras e entrega dos prémios em cerimónia pública por ocasião das comemorações do aniversário da marca Natural.PT, em data e local a indicar.
 
2. Prémios do público:
• Formalização de candidaturas pelos concorrentes de acordo com os requisitos e dentro dos prazos previstos no Artigo 4º presente regulamento;
• Verificação do cumprimento das condições de participação pela equipa Natural.PT;
• Votação online a decorrer no site www.natural.pt  de 1 de junho a 30 de junho.
 
 
ARTIGO 7º
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO – PRÉMIOS PROJETO
 
1. Os projetos candidatos serão avaliados de acordo com os seguintes critérios:
 
Comunicação do Projeto: Capacidade do projeto transmitir o seu conceito, valores e produtos inerentes. Tendo em conta que o júri não se deslocará junto dos projetos concorrentes, a sua avaliação basear-se-á nas informações disponíveis na candidatura, bem como no exame dos diferentes suportes de comunicação que o projeto utiliza para a sua divulgação e na apresentação presencial.
 
Divulgação e Valorização da RNAP: Contributo do projeto para a divulgação da RNAP ou da área protegida e dos seus valores naturais e culturais.
 
Sustentabilidade Ambiental, Económica e Social: especificidades do projeto que atendam à dimensão ambiental (boas práticas ambientais, contributos para a conservação da biodiversidade), económica (criação de postos de trabalho, aumento de oportunidades de empreendedorismo para as comunidades locais) e social do desenvolvimento sustentável (conservação e promoção das tradições e valores locais, respeito pela autenticidade sociocultural das comunidades locais).
 
Potencial de crescimento e continuidade: Capacidade do projeto ter continuidade no tempo, ter efeito multiplicador e demonstrativo e envolver as comunidades locais e / ou os visitantes e turistas.
  
2. Caso se entenda que nenhum dos trabalhos apresentados preenche os requisitos mínimos em função dos parâmetros referidos, o Júri reserva-se ao direito de não atribuir prémio.
 
ARTIGO 8º
PRÉMIOS
1. No total, e de acordo com os objetivos do Concurso, serão atribuídos 3 (três) prémios de Projeto.
2. Poderão, ainda, ser atribuídas Menções Honrosas aos trabalhos submetidos a concurso e aceites pelo Júri.
3. Será atribuído um prémio do público ao vencedor de cada categoria em votação.
 
 
ARTIGO 9º
JÚRI
1. O Júri é constituído por 5 elementos: um presidente, a ser designado pelo ICNF, um representante do Turismo de Portugal, I.P., um representante da Liga para a Proteção da Natureza, um representante da agência de comunicação Greenmedia e a diretora da revista Wilder.
2. As decisões do Júri serão tomadas por maioria simples de votos e não serão aceites abstenções.
3. As decisões do Júri do Concurso não são passíveis de recurso.
4. Os membros do Júri não podem fazer-se substituir ou designar substituto. Em caso de impedimento de algum dos membros, a organização poderá designar um substituto.
4. Cabe ao Júri, em geral, a avaliação e classificação dos trabalhos candidatos ao Concurso, executando todas as ações e tomando todas as decisões que, nos termos do presente Regulamento, considere apropriadas e necessárias ao efeito.
6. O Júri cessa as suas funções após a cerimónia de atribuição dos prémios do Concurso, considerando-se, então, automaticamente dissolvido.
7. O Júri reserva-se o direito de cancelar o Concurso se se concluir pela inexistência de trabalhos candidatos que preencham os requisitos de qualidade ou de conformidade.
 
ARTIGO 10º
CONSIDERAÇÕES FINAIS
1. Todos os concorrentes do Concurso declaram expressamente que os dados pessoais fornecidos, são verdadeiros. Os dados apresentados poderão ser confirmados a qualquer momento pela Entidade Promotora do Concurso.
2. No caso de suspeita de qualquer conduta desleal, enganosa ou fraudulenta a Entidade Promotora reserva-se no direito de desqualificar o(s) participante(s) envolvido(s).
3. A Entidade Promotora reserva-se o direito de alterar ou cancelar o Concurso a qualquer momento, mediante envio de notificação por correio eletrónico para os candidatos que já tenham apresentado a sua candidatura.
4. O cancelamento nos termos dos parágrafos anteriores não confere direito aos interessados e/ou candidatos a qualquer indemnização por esse facto.
5. A Entidade Promotora do Concurso compromete-se a cumprir o legalmente estabelecido relativamente à privacidade de dados e utilização de informação de caráter privado. A participação no Concurso pressupõe a aceitação dos pontos seguintes:
• Os participantes aceitam a divulgação da sua participação (incluindo o uso da sua imagem) nos meios de comunicação a utilizar no âmbito do Concurso (ex: notícias, fotos, vídeos, etc.);
• Em conformidade com as disposições da lei de proteção de dados pessoais (Lei n.º 67/98, de 29 de Outubro), os candidatos e participantes podem exercer o seu direito de acesso, retificação e cancelamento dos dados, através da Entidade Promotora.
 
6. As situações não previstas neste Regulamento serão tratadas pela Entidade Promotora do Concurso, cujas decisões serão soberanas e definitivas.
 
7. O anúncio dos vencedores e a entrega dos Prémios terá lugar em sessão pública, a qual terá lugar por ocasião das comemorações do aniversário da marca Natural.PT, em data local a indicar.
 
 8. A informação sobre os vencedores será divulgada nos sites da Natural.PT e do ICNF, e comunicada aos premiados.
 
9. Quaisquer dúvidas sobre este regulamento deverão ser submetidas à equipa Natural.PT através do endereço comunicacao@natural.pt .
 

 
NATURAL.PT AWARDS 2016
ANEXO I
FORMULÁRIO DE CANDIDATURA – PRÉMIOS PROJETO
 
1 – Projeto a candidatar
Nome do Projeto  
Nome da Empresa  
Morada  
Localidade  
Código Postal  
E-mail  
Telefone  
Sitio na Internet (ou página Facebook)  
Tipologia de aderente Natural.PT  
 
2 - Responsável para prestar informação sobre a Candidatura
Nome  
Email  
Cargo  
Telefone  
 
3 - Memória Descritiva
Num máximo de 700 palavras descrever o projeto tendo em conta os critérios de avaliação previstos no regulamento (ponto 1. do artigo 7º)
 
 
 
 
 
 

 
4 - Outras informações
a) Refira informações que considere pertinentes para a distinção e avaliação do projeto:
b) Indique distinções/ prémios atribuídos ao projeto:
c) Indique certificações do projeto e/ou da empresa:

5 – Envio de ficheiros

A ficha de inscrição bem como outros ficheiros anexos à candidatura deverão ser enviados para comunicacao@natural.pt com a seguinte referência no Assunto: Designação do projeto candidatado – Natural.PT Awards 2016.

Checklist
Por favor, verifique se:
- preencheu todos os campos obrigatórios do formulário;
- envia os anexos considerados relevantes e com a resolução gráfica sugerida no ponto 3. do Artigo 5º do Regulamento.

 

ANEXO II
FORMULÁRIO DE PARTICIPAÇÃO – PRÉMIOS DO PÚBLICO

Nome do Produto/Serviço a candidatar:
Tipologia (ASSINALAR o que se aplica)
Animação Turística__
Alojamento__
Restauração__
Loja__
Produtos alimentares__
Nome da Empresa:
Sitio na Internet / Página Facebook:
Nome do promotor (caso não coincida com o da empresa):
 
Enviar para comunicacao@natural.pt
 

Natural.PT Awards 2016

 

REGULAMENTO

ARTIGO 1º
INTRODUÇÃO

O Natural.PT Awards visa o reconhecimento de boas práticas em iniciativas que promovam um desenvolvimento sustentável na Rede Nacional de Áreas Protegidas (RNAP).
O Concurso Natural.PT Awards 2016 (doravante designado Concurso) inicia-se no dia 12 de maio e termina a 14 de junho de 2016. Este Regulamento Oficial (doravante designado Regulamento) estabelece as regras de participação no Concurso e está disponível para consulta no sítio web www.natural.pt  

 

ARTIGO 2º
DISPOSIÇÕES GERAIS

1. Entidade Promotora

1.1. O presente concurso é uma iniciativa do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I.P. (doravante designado ICNF).

 
2. Objetivo
O Natural.PT Awards 2016 tem como objetivos:

• Premiar e reconhecer boas práticas em iniciativas, implementadas na RNAP, que promovam o desenvolvimento sustentável das áreas protegidas, divulgando ativamente os seus valores, contribuindo para a sua visitação, alertando e consciencializando a sociedade civil para a importância do desenvolvimento numa ótica de equilíbrio ambiental, económico e social;

• Dar visibilidade às entidades, empresas, pessoas e/ou instituições que identificaram uma oportunidade nas áreas protegidas e que contribuíram para o seu desenvolvimento sustentável;

• Dar visibilidade às áreas protegidas enquanto espaços de visitação, regiões de elevado valor natural e cultural, e territórios com potencial económico.

 
3. Destinatários

3.1. Poderão participar no Concurso todos os aderentes da Natural.PT.
3.2. Não serão admitidos trabalhos a concurso cujo autor detenha relação profissional com o Ministério do Ambiente e entidades tuteladas.

  

ARTIGO 3º
CATEGORIAS A CONCURSO

As categorias a concurso são as seguintes:
 
1 – Projeto – Vencedor será eleito por avaliação e votação do júri.
 
2 – Prémios do público:
a) Animação turística – Vencedor será eleito por votação online;
b) Alojamento - Vencedor será eleito por votação online;
c) Restauração - Vencedor será eleito por votação online;
d) Loja – Vencedor será eleito por votação online;
e) Produtos alimentares – Vencedor será eleito por votação online.
 
 

ARTIGO 4º
CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

1. PRÉMIOS PROJETO

1.1 Só será aceite uma candidatura por cada concorrente.
1.2 Os projetos candidatos deverão provar o seu contributo para a divulgação da RNAP ou da área protegida à qual estão associados e dos seus valores naturais e culturais, bem como para a competitividade da região, justificando ainda o seu alinhamento com as premissas de um desenvolvimento sustentável. Os projetos candidatos deverão ainda demonstrar ter continuidade temporal e não serem iniciativas pontuais.
1.4 Ao participar no Concurso, os concorrentes declaram conhecer e aceitar o presente Regulamento.
1.5 Os autores das candidaturas aceites para participação no Concurso concedem à Entidade Promotora autorização para a sua utilização e dos conteúdos nela incluídos, pela forma, meio e tempo e demais condições que se entender, para a promoção de eventos e em publicidade institucional, sem prejuízo da menção do nome do autor.
1.6 A participação no Concurso é gratuita.

 
2. PRÉMIOS DO PÚBLICO

2.1 A participação na votação é feita mediante preenchimento e envio do formulário de participação disponível no final deste Regulamento (ANEXO II) para comunicacao@natural.pt
2.2 Só será aceite um produto/serviço por tipologia por cada empresa concorrente (ex. uma empresa com várias unidades de alojamento Natural.PT apenas poderá submeter um deles a concurso).
2.3 Apenas serão levados a votação candidaturas de produtos / serviços que cumpram os seguintes requisitos:

  • A marca e o logótipo Natural.PT figuram nos produtos/serviços e/ou nos respetivos canais de comunicação (site, página Facebook, etc);
  • Disponibiliza informação sobre a área protegida à qual o produto/serviço está associado.
2.4 Os formulários de participação terão que dar entrada até dia 22 de maio às 24.00; a votação online decorrerá no site www.natural.pt de 1 de junho a 30 de junho.
 
ARTIGO 5º
FORMALIZAÇÃO DA CANDIDATURA – PRÉMIOS PROJETO
1. As candidaturas são submetidas até 14 de junho de 2016, através do envio do respetivo formulário por via eletrónica para comunicacao@natural.pt As candidaturas deverão dar entrada até às 23.59 horas do último dia do prazo.
 
2. A candidatura efetua-se através do preenchimento do formulário disponível no final deste Regulamento (ANEXO I) e seu posterior envio.
 
3. É condição de aceitação da candidatura o envio via e-mail de informação sobre o projeto candidato, constituída por texto que descreva sucintamente o trabalho desenvolvido, bem como imagens (até um máximo de 10, em formato jpg, aconselhável resolução 300 dpi), e / ou filmes.
 
4. Os anexos deverão ser enviados para comunicacao@natural.pt com a seguinte referência no Assunto: Designação do projeto candidatado – Natural.PT Awards 2016.
 
5. Os promotores poderão ter que entregar informação adicional sobre o projeto, se tal vier a ser requerido pelo Júri dos Prémios Natural.PT Awards 2016.
 
6. A veracidade das informações disponibilizadas pelo promotor no formulário é da exclusiva responsabilidade deste.
 
7. A informação fornecida pelos candidatos na fase de candidaturas permanece confidencial, sendo apenas consultada pela organização e pelos membros do Júri.
 
 
ARTIGO 6º
FASES DO CONCURSO
1. Prémios Projeto:
• Formalização de candidaturas pelos concorrentes de acordo com os requisitos e dentro dos prazos previstos no Artigo 5º do presente regulamento;
• Avaliação e seriação das iniciativas selecionadas pelo Júri.
• Apresentação das iniciativas desenvolvidas pelos concorrentes, que será presencial e com duração máxima de 10 minutos, a decorrer na sede do ICNF, em Lisboa (em período a anunciar);
• Anúncio das propostas vencedoras e entrega dos prémios em cerimónia pública por ocasião das comemorações do aniversário da marca Natural.PT, em data e local a indicar.
 
2. Prémios do público:
• Formalização de candidaturas pelos concorrentes de acordo com os requisitos e dentro dos prazos previstos no Artigo 4º presente regulamento;
• Verificação do cumprimento das condições de participação pela equipa Natural.PT;
• Votação online a decorrer no site www.natural.pt  de 1 de junho a 30 de junho.
 
 
ARTIGO 7º
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO – PRÉMIOS PROJETO
 
1. Os projetos candidatos serão avaliados de acordo com os seguintes critérios:
 
Comunicação do Projeto: Capacidade do projeto transmitir o seu conceito, valores e produtos inerentes. Tendo em conta que o júri não se deslocará junto dos projetos concorrentes, a sua avaliação basear-se-á nas informações disponíveis na candidatura, bem como no exame dos diferentes suportes de comunicação que o projeto utiliza para a sua divulgação e na apresentação presencial.
 
Divulgação e Valorização da RNAP: Contributo do projeto para a divulgação da RNAP ou da área protegida e dos seus valores naturais e culturais.
 
Sustentabilidade Ambiental, Económica e Social: especificidades do projeto que atendam à dimensão ambiental (boas práticas ambientais, contributos para a conservação da biodiversidade), económica (criação de postos de trabalho, aumento de oportunidades de empreendedorismo para as comunidades locais) e social do desenvolvimento sustentável (conservação e promoção das tradições e valores locais, respeito pela autenticidade sociocultural das comunidades locais).
 
Potencial de crescimento e continuidade: Capacidade do projeto ter continuidade no tempo, ter efeito multiplicador e demonstrativo e envolver as comunidades locais e / ou os visitantes e turistas.
  
2. Caso se entenda que nenhum dos trabalhos apresentados preenche os requisitos mínimos em função dos parâmetros referidos, o Júri reserva-se ao direito de não atribuir prémio.
 
ARTIGO 8º
PRÉMIOS
1. No total, e de acordo com os objetivos do Concurso, serão atribuídos 3 (três) prémios de Projeto.
2. Poderão, ainda, ser atribuídas Menções Honrosas aos trabalhos submetidos a concurso e aceites pelo Júri.
3. Será atribuído um prémio do público ao vencedor de cada categoria em votação.
 
 
ARTIGO 9º
JÚRI
1. O Júri é constituído por 5 elementos: um presidente, a ser designado pelo ICNF, um representante do Turismo de Portugal, I.P., um representante da Liga para a Proteção da Natureza, um representante da agência de comunicação Greenmedia e a diretora da revista Wilder.
2. As decisões do Júri serão tomadas por maioria simples de votos e não serão aceites abstenções.
3. As decisões do Júri do Concurso não são passíveis de recurso.
4. Os membros do Júri não podem fazer-se substituir ou designar substituto. Em caso de impedimento de algum dos membros, a organização poderá designar um substituto.
4. Cabe ao Júri, em geral, a avaliação e classificação dos trabalhos candidatos ao Concurso, executando todas as ações e tomando todas as decisões que, nos termos do presente Regulamento, considere apropriadas e necessárias ao efeito.
6. O Júri cessa as suas funções após a cerimónia de atribuição dos prémios do Concurso, considerando-se, então, automaticamente dissolvido.
7. O Júri reserva-se o direito de cancelar o Concurso se se concluir pela inexistência de trabalhos candidatos que preencham os requisitos de qualidade ou de conformidade.
 
ARTIGO 10º
CONSIDERAÇÕES FINAIS
1. Todos os concorrentes do Concurso declaram expressamente que os dados pessoais fornecidos, são verdadeiros. Os dados apresentados poderão ser confirmados a qualquer momento pela Entidade Promotora do Concurso.
2. No caso de suspeita de qualquer conduta desleal, enganosa ou fraudulenta a Entidade Promotora reserva-se no direito de desqualificar o(s) participante(s) envolvido(s).
3. A Entidade Promotora reserva-se o direito de alterar ou cancelar o Concurso a qualquer momento, mediante envio de notificação por correio eletrónico para os candidatos que já tenham apresentado a sua candidatura.
4. O cancelamento nos termos dos parágrafos anteriores não confere direito aos interessados e/ou candidatos a qualquer indemnização por esse facto.
5. A Entidade Promotora do Concurso compromete-se a cumprir o legalmente estabelecido relativamente à privacidade de dados e utilização de informação de caráter privado. A participação no Concurso pressupõe a aceitação dos pontos seguintes:
• Os participantes aceitam a divulgação da sua participação (incluindo o uso da sua imagem) nos meios de comunicação a utilizar no âmbito do Concurso (ex: notícias, fotos, vídeos, etc.);
• Em conformidade com as disposições da lei de proteção de dados pessoais (Lei n.º 67/98, de 29 de Outubro), os candidatos e participantes podem exercer o seu direito de acesso, retificação e cancelamento dos dados, através da Entidade Promotora.
 
6. As situações não previstas neste Regulamento serão tratadas pela Entidade Promotora do Concurso, cujas decisões serão soberanas e definitivas.
 
7. O anúncio dos vencedores e a entrega dos Prémios terá lugar em sessão pública, a qual terá lugar por ocasião das comemorações do aniversário da marca Natural.PT, em data local a indicar.
 
 8. A informação sobre os vencedores será divulgada nos sites da Natural.PT e do ICNF, e comunicada aos premiados.
 
9. Quaisquer dúvidas sobre este regulamento deverão ser submetidas à equipa Natural.PT através do endereço comunicacao@natural.pt .
 

 
NATURAL.PT AWARDS 2016
ANEXO I
FORMULÁRIO DE CANDIDATURA – PRÉMIOS PROJETO
 
1 – Projeto a candidatar
Nome do Projeto  
Nome da Empresa  
Morada  
Localidade  
Código Postal  
E-mail  
Telefone  
Sitio na Internet (ou página Facebook)  
Tipologia de aderente Natural.PT  
 
2 - Responsável para prestar informação sobre a Candidatura
Nome  
Email  
Cargo  
Telefone  
 
3 - Memória Descritiva
Num máximo de 700 palavras descrever o projeto tendo em conta os critérios de avaliação previstos no regulamento (ponto 1. do artigo 7º)
 
 
 
 
 
 

 
4 - Outras informações
a) Refira informações que considere pertinentes para a distinção e avaliação do projeto:
b) Indique distinções/ prémios atribuídos ao projeto:
c) Indique certificações do projeto e/ou da empresa:

5 – Envio de ficheiros

A ficha de inscrição bem como outros ficheiros anexos à candidatura deverão ser enviados para comunicacao@natural.pt com a seguinte referência no Assunto: Designação do projeto candidatado – Natural.PT Awards 2016.

Checklist
Por favor, verifique se:
- preencheu todos os campos obrigatórios do formulário;
- envia os anexos considerados relevantes e com a resolução gráfica sugerida no ponto 3. do Artigo 5º do Regulamento.

 

ANEXO II
FORMULÁRIO DE PARTICIPAÇÃO – PRÉMIOS DO PÚBLICO

Nome do Produto/Serviço a candidatar:
Tipologia (ASSINALAR o que se aplica)
Animação Turística__
Alojamento__
Restauração__
Loja__
Produtos alimentares__
Nome da Empresa:
Sitio na Internet / Página Facebook:
Nome do promotor (caso não coincida com o da empresa):
 
Enviar para comunicacao@natural.pt
 

Copyright © 2016 Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, All rights reserved.


Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list

Email Marketing Powered by MailChimp
Copyright © 2016 Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, All rights reserved.


Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list

Email Marketing Powered by MailChimp